21/08/2013 - Atualizado em 21/08/2013

Professores de Castilho e Três Lagoas retomam atividades do Programa de Educação Ambiental essa semana

Atividades integram o projeto de gestão ambiental G-Pontes, realizado durante a construção da Ponte do Rio Paraná, o Projeto é da Universidade Federal do Paraná, UFPR

 
Por: Redação e Assessoria
 
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Os professores da rede municipal de Castilho (SP) e Três Lagoas (MS) retomam nesta semana as atividades do Programa de Educação Ambiental (PEA) realizado pelo projeto G-Pontes. O projeto é desenvolvido pela UFPR (Universidade Federal do Paraná), por meio do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI), na região da construção da ponte na BR-262, na divisa entre São Paulo e Mato Grosso do Sul.

No município de Três Lagoas, as atividades ocorrem nos dias 21 e 22 de agosto, a partir das 18h30min, na sede do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Três Lagoas (Sinted). O tema “Água” será rediscutido pelos professores com a coordenação da professora Christiane Gioppo, dando continuidade ao trabalho iniciado em julho. O objetivo também é reforçar a importância de elaborar uma proposta pedagógica relacionada ao meio ambiente.

Em Castilho, as oficinas acontecem no dia 23 de agosto, das 8h às 16h, no Departamento de Educação de Castilho. Também com orientação da professora da UFPR Christiane Gioppo, os professores retomarão o tema “(Des) construindo olhares sobre Castilho”, iniciado em julho. O objetivo da oficina é sensibilizar os professores da rede municipal para o desenvolvimento de uma proposta pedagógica referente a questões ambientais.

O PEA atende à demanda local sobre a necessidade de refletir sobre como abordar as questões ambientais de maneira interdisciplinar na sala de aula. Para isso, as oficinas trabalham a fotografia e estimulam os docentes a explorar um novo olhar sobre o ambiente onde vivem.

Projeto G-Pontes ajuda na educação ambiental na cidade de Três Lagoas (MS) e Castilho (SP).
Foto: Divulgação

Sobre o G-Pontes

O Projeto G-Pontes é uma parceria do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) por meio do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI) para a gestão ambiental de obras de implantação de pontes em rodovias federais, com o objetivo de cumprir as condicionantes para a emissão e/ou manutenção das licenças requeridas por órgãos ambientais. Atualmente o ITTI supervisiona a construção da Ponte sobre o Rio Paraná, na BR-262, entre os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo.

O Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) atua na elaboração, execução e supervisão de programas e estudos destinados à gestão ambiental de obras, especialmente na área de transportes, tais como as rodovias, ferrovias e portos. Com uma equipe técnica formada por professores, pesquisadores, estudantes e profissionais especializados, os projetos da UFPR/ITTI também contemplam aspectos relacionados à gestão territorial, questões socioambientais e quanto ao uso de recursos naturais.



Seja o primeiro a comentar!

Envie seu Comentário!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.