18.6 C
Três Lagoas
quarta-feira, 25 de maio, 2022

Expediente

E-mail
[email protected]

Teleouvinte
(67) 3521-2305

Comercial
(67) 9 9850 0011
(67) 3521 3331
[email protected]

Redação
(67) 9 8144 8144
[email protected]

Financeiro
(67)9 9105-9213 [email protected]

RÁDIO CAÇULA: 66 ANOS DE HISTÓRIA E TRADIÇÃO NO MUNICÍPIO DE TRÊS LAGOAS

1955 | 2021

A emissora Rádio Caçula AM de Três Lagoas, fundada em 14 de novembro de 1955 pelo empresário Romeu de Campos, completa neste ano 66 anos de história e tradição no município. A empresa foi criada pelo empresário aos seus 32 anos de idade, na época em que atuava como rádio telegrafista dos Correios e tenente no Exército Brasileiro.

As dificuldades financeiras de uma época em que manter uma emissora de rádio no interior do estado representava investimentos significativos, fez com que o fundador Romeu de Campos construísse artesanalmente o primeiro transmissor com 1.000 watts de potência, aprovado pelo então Departamento Nacional de Telecomunicações (Dentel).

“Ele era uma espécie de professor pardal sabia? Ele fez um transmissor artesanal e acho que foi o primeiro de Mato Grosso do Sul,
salvo engano, ou se você for procurar aí onde tem transmissor artesanal AM, aqueles valvulados, acho que vai ser difícil você encontrar.” ressaltou Fábio Campos.

Considerado uma relíquia pela direção, o primeiro transmissor artesanal é preservado num espaço construído numa área anexa a lagoa maior da cidade, próximo a atual sede da emissora. No local, além dos transmissores antigos e do atual, há espaço ainda
para um acervo considerável de discos de vinil que no passado eram utilizados como instrumentos de entretenimento agradando aos ouvintes através da reprodução de músicas de cantores famosos que fizeram história no País em ritmos tais como: MPB,
sertanejo de raiz, dentre outros.

Após a morte do fundador, em agosto de 1992, a rádio ficou sob a responsabilidade da esposa Olinta de Campos e dos três filhos Arlete, Roberto e Romeu, sendo assumida no dia 1º de novembro de 1993 pelo atual proprietário Romeu de Campos Júnior,
conforme detalha o atual gerente comercial da emissora e neto do fundador, Fábio Rodrigo de Souza Campos:

“Meu avô era casado, tinha três filhos. Desses três filhos, o único que ficou à frente da rádio foi meu pai, o Romeu. Ficou um período, aí
ele (Romeu Júnior) passou num concurso do Banco do Brasil e foi ser bancário. Ficou fora e voltou para Três Lagoas no início dos anos 90. (…) meu avô faleceu e a rádio ficou para os três irmãos, aí neste dia primeiro (de novembro de 93), meu pai comprou a parte deles e ficou com 100%, majoritário”.

NOVOS RUMOS

A partir de 93, sob a direção do casal Romeu de Campos Júnior e Toninha Campos a emissora passa por reformulações com a informatização de todo sistema interno e a aquisição de um transmissor de áudio digital. "Este sistema computadorizado de rádio,
nós fomos os primeiros do estado. Nós entramos no tempo do “DOS” ainda. Essa informatização nossa, acho que foi 98, por aí", explica o proprietário Romeu Campos Júnior.

PROGRAMAS DE AUDITÓRIOS

Na grade de programação da empresa, Romeu de Campos sempre promoveu programas de auditórios, que tinha participação de seus ouvintes que assistiam e compartilhavam a recreação no auditório construído na própria rádio, ainda na Rua
João Carrato. Vários cantores da época se apresentaram ao vivo no local. Até mesmo o personagem “Bozo” da antiga TVS, atual canal de televisão SBT fazia sucesso. O programa “Cidade x Cidade” também foi destaque, pois pela participação a emissora trouxe de presente ganhar uma ambulância 0 Km que foi doada ao Hospital Auxiliadora. Seus diretores também participaram por diversas vezes do programa de Silvio Santos.

CAMPANHAS POLÍTICAS

Nos tempos modernos, a Rádio Caçula possui grande peso em diversos setores, principalmente na área da política, formando opinião na maioria da população. Na época, a empresa participou da campanha de Marcelo Miranda (PMDB) que se elegeu governador de Mato Grosso do Sul.

FIAT FIURINO USADO

Utilizando um Fiat Fiorino usado, o falecido Wilson Alaman comandava as reportagens externas na área policial que eram de grande sucesso. André Luiz Benites foi outro destaque nos comentários diários da cidade. Com o crescimento da rádio, outros veículos. Atualmente a emissora investiu em equipamentos de última geração ficando 100% digital. A Rádio Caçula AM de Três Lagoas também ficou conhecida pelo seu site de notícias – www.radiocacula.com.br, que já é referência em várias cidades do País e um dos líderes em acesso em Mato Grosso do Sul.

A MIGRAÇÃO PARA FM

No Brasil, até o ano de 2015, 1.781 emissoras operavam em Ondas Médias, 66 em Ondas Curtas e 74 em Ondas Tropicais. Deste total, 1.386 emissoras solicitaram a migração para FM sendo 50 delas em Mato Grosso do Sul (MC, 2015). A mudança atende a um anseio antigo dos radiodifusores representados pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) cujo objetivo era permitir a
melhoria da qualidade do sinal das rádios AM.

Por sofrerem interferência de fenômenos naturais como raios ou artificiais como as provocadas por motores, a qualidade de som das AMs é inferior ao de uma rádio FM. A Rádio Caçula começou a operar efetivamente na faixa de FM no dia 08 de janeiro de 2017 na frequência 96,9 MHz. No dia 07 de janeiro, um dia antes, a emissora interrompeu suas transmissões na faixa AM. Diversas razões levaram a emissora a aderir ao processo de migração.

O gerente comercial Fábio Rodrigo de Souza Campos, filho do proprietário Romeu de Campos Júnior, afirma que a qualidade do som sempre foi preponderante para que a emissora aderisse ao FM. Antes mesmo de chegar a operar em seu novo dial, a emissora investiu na troca do antigo transmissor valvulado por um digital.

“Meu pai, quando era mais novo, ele mexia com som, gravações. Na época, fomos uma das primeiras com o transmissor digital na AM. A
qualidade de som incomodava muito. Para ele, qualidade de som era no estéreo da frequência modulada. Então ele queria uma coisa melhor, um som melhor”. Você vai investir em AM? O som é ruim, e meu pai discordava, tanto que a qualidade de som nosso, em AM, era uma qualidade boa, mas ele queria estar na Frequência Modulada como está hoje para mostrar que o som nosso é o melhor”.

INSTALAÇÕES DA EMISSORA

A empresa foi originalmente inaugurada em um prédio na Rua Paranaíba, Centro, próximo do antigo em um estabelecimento de propriedade do empresário Ale Mustafa, onde possuía oficina de consertos de rádios. Posteriormente a empresa mudou-se para a Rua Elmano Soares – onde funciona um escritório de contabilidade- e em seguida para a Rua João Silva, ambos no centro da cidade. Após longos anos, a empresa mudou novamente seu endereço, passando a ficar na Rua Paranaíba, altura do nº 104 e alguns anos depois passou a irradiar seu sinal na Rua João Carrato, onde funciona até hoje a Casa dos Parafusos. Finalmente todo o conglomerado da emissora foi transferido para a Av. Aldair Rosa de Oliveira, onde permanece até os dias de hoje.

error: Conteúdo Protegido