31.5 C
Três Lagoas
sábado, 22 de janeiro, 2022

Catador de recicláveis sofre tentativa de homicídio em Três Lagoas(MS)

Homem teve o corpo incendiado enquanto dormia:
“Jogaram álcool em mim, jogaram álcool em mim”

03/04/2019 07h31
Por: André Rodrigues
*Matéria atualizada em 03/04/2019 09h15 para adição da nota oficial do hospital

Na noite desta terça (02), ocorreu tentativa de homicídio contra um morador de rua. Roberto Pedro da Silva (46 anos) e sua companheira Márcia Regina da Silva dormiam em uma casa abandonada quando alguém se aproximou, jogou sobre ele algum tipo de combustível e logo em seguida ateou fogo. A vítima não soube dizer quem poderia ser o autor.

O Atentado ocorreu em um imóvel em construção, aparentemente abandonado, na Rua das Seriemas, Jardim Planalto em Três Lagoas (MS).

Pedro e a amasia vivem de coletar e vender recicláveis. Segundo informações, ao acordar com o corpo em chamas, o homem saiu gritando por socorro e se debatendo, pela proximidade da UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Ele foi atendido e de imediato a equipe prestou os primeiros socorros para remover as roupas queimadas e aplicar medicamentos para aliviar as dores.

Ele esteve consciente em todo o momento e não soube informar quem poderia ser o autor, somente dizia: “jogaram álcool em mim, jogaram álcool em mim”.

Após os primeiros socorros ele foi movido para o Hospital Auxiliadora e, segundo informações policiais, teve mais de 60% do corpo coberto com queimaduras de 3º grau. Nossa reportagem apurou que a vitima sofreu queimadura nos membros superiores e inferiores, tórax, abdome, costas e rosto.

As informações preliminares são que o homem não corre risco de morte, porém, permanece internado no hospital para receber maiores cuidados, devido à gravidade das queimaduras.

Redação por André Rodrigues – Rádio Caçula FM 96,9Reportagem e Fotos por Alfredo Netto

NOTA HOSPITAL AUXILIADORA

Três Lagoas, 03 de Abril de 2019.

“O Hospital Auxiliadora informa que o paciente Roberto Pedro da Silva, 46 anos, deu entrada hoje às 01h00 vítima queimadura de 2° e 3° grau, no tórax, braços, mãos, face e pescoço, 70% da área corporal queimada. Foi atendido, medicado, realizou exames, está internado na área de Emergência em observação, estado de saúde é considerado grave.”

– Nota oficial do Hospital Auxiliadora, via Assessoria de Comunicação.

Momento em que a vítima era movida da UPA para o hospital - Foto: Alfredo Netto - Rádio Caçula FM 96,9

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo Protegido