30.2 C
Três Lagoas
quinta-feira, 28 de outubro, 2021

Após procedimento estético na fronteira de MS, mulher tem rosto desfigurado

Uma mulher ficou com o rosto desfigurado após a realização de um procedimento estético em uma clínica localizada no bairro Santa Izabel, em Ponta Porã, na fronteira com Pedro Juan Caballero, no Paraguai. O caso foi parar delegacia da cidade, onde a mulher registrou queixa e deve entrar com processo por perdas e danos.

A vítima relatou que na primeira sessão foi aplicada toxina botulínica e que logo em seguida ela percebeu, que uma das sobrancelhas estava mais alta que a outra. Aos oito dias, a vítima teria retornado ao local para a segunda sessão e a ′′profissional′′ teria dito que era normal um ser mais alto que o outro e que, na época, a paciente podia escolher qual altura de sobrancelha seria a ideal.

Após o procedimento, a paciente teria reclamado que estava com muitas dores de cabeça e que os resultados esperados não foram obtidos. Depois de 30 dias, a mulher retornou ao estabelecimento onde realizou a quarta sessão, retocando os pontos com toxina botulínica para minimizar as linhas de expressão, fato que, segundo ela, desencadeou o início de um pesadelo.

Segundo a vítima, a área dos olhos estava inchada, o que a impedia de enxergar, foi aí que a vítima começou a chamar a responsável que rejeitou suas chamadas. Após várias tentativas, ele entrou em contato e relatou o que estava acontecendo. Depois, foi indicado que ela fosse à clínica, quando se dirigiram para uma farmácia, onde foi administrada uma injeção de Decadron à paciente.

O medicamento receitado pela clínica é recomendado para o tratamento de choque, quando são necessárias altas doses, voltadas para a contenção de hemorragia. Após o procedimento, a mulher voltou para casa e os efeitos colaterais continuaram piorando e ela teve que ser internada no Hospital Regional.

Informações Midiamax

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS