REPÓRTER NEWS

Esgoto vaza e resíduo escorre até a Lagoa Maior antes de ser contido pela Sanesul

 
 

01/11/2018 08h05
Por: Laís Eger Penha

 
 

Um esgoto localizado na Circular da Lagoa Maior rompeu na madrugada desta quinta-feira (01) e causou transtornos aos moradores da região, que reclamam do forte cheiro que ficou na região.

Logo no início da manhã, funcionários da Sanesul estiveram no local para realizar a drenagem e limpeza do local. Antes disso, o grande volume de resíduos que vazou escorreu até a Lagoa Maior.

A Prefeitura Municipal de Três Lagoas (MS) solicitou que fiscais do meio ambiente fossem até o local para analisar o caso e verificar possíveis danos ambientais.

A Sanesul informou que "O problema com o vazamento já foi regularizado e está sendo averiguado qual o outro motivo, além da forte chuva, que ocorreu no município".

A Secretaria de Meio Ambiente e Agronegócios emitiu uma nota sobre o assunto:

"Conforme a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócios (SEMEA), fiscais ambientais já foram ao local e, por meio de notificação, vai solicitar a Empresa responsável para dar um parecer sobre o que ocorreu no local. Além disso, os servidores coletaram amostra da água para que seja analisada posteriormente e constatar se há algum teor contaminante. De prévia, o que pode ter ocorrido é que devido a grande quantidade de chuva a elevatória acabou extravasando, mas isso será confirmado após parecer da empresa e analise final dos fiscais."

Posteriormente, a Sanesul também emitiu uma nota:

"As informações preliminares, dão conta de que não foi acionado o sistema de alerta por discadora de SMS para o responsável de plantão informando sobre a paralização das bombas. O não acionamento da bomba foi provocado por pane no sistema de comando de nível para acionamento da bomba. As equipes estão atuando no local. Os reparos já foram providenciados e a elevatória esta operacional. Será efetuada uma limpeza da rede no entorno da lagoa, pois com as fortes chuvas ocorridas na noite de ontem muito material inerte foi carreado para as redes e podem provocar novas obstruções. Esta sendo monitorado a concentração de Oxigênio dissolvido na lagoa, próxima a elevatória que ocorreu o extravasamento registrado, e os níveis de concentração de oxigênio estão normais. As análises indicam que o volume extravasado pode não ter atingido a lagoa, ou caso tenha atingido, não provocou alterações que comprometem os níveis de OD."

Matéria editada às 9h45 para acréscimo de informações.

Envie seu Comentário