MESA-REDONDA
23/08/2017 14h11

Violência sexual contra a mulher será tema de palestra em escola municipal

Projeto Quebrando o Silêncio visa proteger e dar autonomia a mulheres contra a violência doméstica

 
Por: Dayane Milani
 
 
Marlene Durigan coordenadora do projeto Quebrando o Silêncio. (Foto: Caçula FM) Marlene Durigan coordenadora do projeto Quebrando o Silêncio. (Foto: Caçula FM)

Uma mesa redonda na escola municipal Parque São Carlos em Três Lagoas promovida pela igreja Adventista do Sétimo Dia irá debater a violência sexual contra a mulher.

O evento que está atrelado ao movimento Agosto Lilás promovido pela Prefeitura, será realizado na sexta-feira (25) com inicio previsto para ás 19 horas.

De acordo com Marlene Durigan coordenadora do projeto, este encontro tem como objetivo principal contribuir para que educadores, estudantes e seus familiares tenham acesso às informações sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher, as possibilidades de atendimento, os canais de denúncia e acima de tudo promover ações de prevenção que possibilitem diminuição dos índices de violência.

Quebrando o Silêncio é um projeto educativo e de prevenção contra o abuso e a violência doméstica, promovido anualmente pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em oito países da América do Sul, desde o ano de 2002, explica à coordenadora.

Também participa do ciclo de palestras autoridades que atuam em defesa dos direitos da mulher. Esta confirmada a participação da delegada Letícia Mobis Alves.

Dados

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, a violência doméstica representa 7% de todas as mortes de mulheres entre 15 e 44 anos em todo o mundo.

A cada 1h30 uma mulher é morta no Brasil. Uma em cada cinco mulheres declaram já ter sofrido algum tipo de violência. A cada 11 minutos uma mulher é estuprada no país. No mundo 20% das faltas ao trabalho são em razão de violência doméstica.

Envie seu Comentário

 
(Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)