19.8 C
Três Lagoas
sexta-feira, 24 de junho, 2022

Sindicato Forte é realizado em Três Lagoas

13/08/2013 – Atualizado em 13/08/2013

Sindicato Forte ocorre em Três Lagoas e 11 cidades participam da qualificação

O objetivo do evento visa fortalecer ações e buscar uma atuação permanente dos sindicatos rurais

Por: Assessoria

O Sindicato Rural de Três Lagoas em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) e o DEPPS – Departamento de Educação Profissional e Promoção Social – Administração Central, trouxeram para a cidade das Águas, o programa Sindicato Forte. Com o objetivo de fortalecer as ações e buscar uma atuação permanente dos sindicatos rurais, o evento foi implantado pela Federação da Agricultura e Pecuária de MS (FAMASUL), e busca trabalhar as relações entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), juntamente com as federações e também sindicatos rurais.

Para a responsável em relação institucional da FAMASUL, Ana Cecília de Freitas, uma nova etapa está sendo inicianda em Três Lagoas. “É um programa que trabalha diretamente ligado aos sindicatos. Um dos pontos que trabalhamos é a liderança”, ressalta.

O programa já ocorreu nas cidades de Dourados, Jardim, São Gabriel do Oeste, Campo Grande e Três Lagoas. Em Mato Grosso do Sul, a última cidade a receber a capacitação será Ponta Porã.

Para o presidente do Sindicato Rural, Pascoal Secco, “é um momento muito oportuno para pensar em um sindicato renovado. Sem dúvida esse programa deu certo em outros lugares e também irá dar certo aqui em Três Lagoas e nos demais municípios que vieram receber a capacitação”, diz.

No total, o Estado de Mato Grosso do Sul é composto de 68 sindicatos, sendo 4 com representações sindicais municipais. “A força sindical é tamanha que dos 79 municípios que existem em Mato Grosso do Sul, quase todos possuem um sindicato”, finaliza Ana Cecília.

Instrutores de Brasília estão oferecendo as capacitações. Para o consultor do Senar central, Olympio Bezerra, o programa ocorre desde 2009. “É uma ótima oportunidade que Mato Grosso do Sul está tendo. Desde 2009 vem ocorrendo no Brasil. O programa surgiu da necessidade de capacitar os seguimentos do agronegócio. Dos 27 Estados da Federação, 21 participam do programa”, finaliza.

Otimistas com os resultados em outras cidades, os representantes afirmam que esperam terminar o ano de 2013 com 900 sindicatos municipais participando das capacitações.

Planejamento estratégico

Após o ciclo de encontros, onde são apresentados conceitos de liderança, modelos referenciais, gestão sindical, novas tendências do mercado, entre outros assuntos, a segunda etapa é o planejamento estratégico, este feito individual com cada sindicato que participou do programa Sindicato Forte.

“Em todos os lugares que levamos essa capacitação ficamos felizes. É um projeto diferente que tem começo, meio, só que não tem fim”, conclui Ademar dos Anjos, assessor técnico do Departamento de Educação do SENAR Nacional.

Participou também o secretário da Federação da Agricultura e Pecuária (Sistema Famasul), Ruy Fachini. Na ocasião, o secretário disse que “é muito prazeroso ver tantos sindicatos reunidos pensando em trocar informações e trabalhar em conjunto”.

No primeiro dia de evento participaram os representantes dos Sindicatos de Anaurilândia, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Inocência, Paranaíba, Taquarussu e Três Lagoas.

Amanhã, 13 de agosto, os representantes de cada sindicato ainda passarão por ciclos de palestras.

Nesta terça-feira, (13), representantes de cada sindicato ainda passarão por ciclos de palestras.Foto: Assessoria

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo Protegido