19.8 C
Três Lagoas
quarta-feira, 17 de agosto, 2022

Secretário e feirantes se reúnem para tratar assuntos referentes ao funcionamento da nova Feira Central

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SEDECT) de Três Lagoas, José Aparecido de Moraes, se reuniu, na manhã desta segunda-feira (22), no novo prédio da Feira Central da Cidade com os feirantes para tratar de assuntos relacionados ao funcionamento e inauguração do prédio.

DATA INAUGURAÇÃO DO PRÉDIO

De acordo com o secretário, a pedido do governador do Estado, Reinaldo Azambuja junto ao prefeito Angelo Guerreiro, a data de inauguração do prédio passou do dia 03 para o dia 10 de dezembro, pois o governador faz toda questão e gosto em estar presente neste evento.

“Sabendo da inauguração e não podendo estar na Cidade no dia 3, o governador pediu encarecidamente ao nosso prefeito Angelo Guerreiro para alterar a data, não só para comemorar conosco a mudança, mas para aproveitar o momento e assinar novos convênios no valor de R$ 40 milhões a serem empregados em novas e necessárias obras em nosso município, dentre as quais a construção do novo prédio do Shopping Popular que será muito bem-vinda para a Cidade”, afirmou o secretário.

Com isso, além dos feirantes ganharem uma semana a mais para se organizarem para a inauguração, ficou também definido que após a inauguração no dia 10 de dezembro, haverá show ao vivo com artista sul-mato-grossense e de renome nacional.

VALOR DOS BOXES

Outro assunto levantado pelo Secretário foi com relação aos valores das taxas que cada box custará aos feirantes, esclarecendo os parâmetros que foram utilizados para esse cálculo e que serão cobrados em UFIM (Unidade Fiscal do Município) e por um período de um ano não haverá qualquer tipo de atualização de valores ou outros aumentos.
De acordo com Moraes, em conversa com o prefeito Angelo Guerreiro, o mesmo decidiu que os valores dos boxes (com diferença para hortifruti e alimentação em relação ao uso e necessidade de cada um) valeria por 1 ano sem alterações de valores. Somente após este período de avaliação, a Associação e poder público se reunirão para reavaliar o valor.

“A princípio os feirantes pagariam 50% do valor real do box pelos primeiros 6 meses. Mas pensando nas necessidades dos feirantes e acreditando que a economia melhorará, o prefeito decidiu que o valor para custear segurança, limpeza, estrutura do prédio (avaliado em R$ 18 milhões) seria o mínimo possível e por 1 ano”, disse.

Secretário

FUNCIONAMENTO

Instalada neste novo prédio construído para atender feirantes e consumidores, a feira passará a funcionar nos primeiros meses em 3 dias: segunda e quarta no período noturno e no sábado no período matutino.

“É claro que com a procura dos consumidores estes dias poderão aumentar e acreditamos que isso acontecerá em breve, mas a princípio a feira funcionará nestes 3 dias nos horários que a população e os feirantes já estão acostumados”, afirmou o secretário.

Moraes aproveitou a oportunidade para lembrar aos feirantes que a obra foi dividida em 2 etapas e a segunda, que seria o estacionamento, não será entregue no dia 10 como já anunciado e conversado com todos.

“O prefeito ouviu os feirantes que pediram para já liberar a feira com somente a primeira etapa concluída, ou seja, o prédio pronto. A obra continuará e acreditamos que em 6 meses o restante da obra estará finalizada”, disse.

“Não vamos dar ouvidos a críticas infundadas de pessoas que só reclamam e não estão na pele de vocês que dependem deste serviço para levar o sustento para casa. É a opinião de vocês que levaremos em conta e, por isso, estamos aqui hoje na contagem regressiva para a inauguração deste prédio que ambos, feirantes e comunidade, estão ansiosos para ver em pleno funcionamento”, finalizou o secretário.

Informações Assessoria de Comunicação

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo Protegido