19.8 C
Três Lagoas
quarta-feira, 17 de agosto, 2022

Mulher deita na frente de veículos para evitar que “caras de pau” furem fila

  • “As pessoas perderam a vergonha na cara”, desabafa mulher que tentou impedir fila dupla em posto de gasolina.

CAMPO GRANDE (MS) – A falta de noção de clientes em um posto de gasolina na Avenida Três Barras, fez com que uma funcionária pública federal tomasse uma atitude desesperada, na noite desta quinta-feira (10). Para tentar evitar que os motoristas “furassem” a fila para abastecimento, Edy Firmina, deitou na frente dos veículos. A funcionária pública já estava há cerca de 40 minutos esperando chegar a vez dela para abastecer.

Havia uma fila única de motoristas, cada um aguardando chegar a sua vez e ela estava na minha frente. Foi quando uma fila dupla começou a se formar e ela ficou irritada“, comenta a jornalista Antonielly Avellar, quem flagrou toda a situação.

Em vídeo, a funcionária pública aparece deitada na frente dos veículos. A atitude irritou os motoristas “caras de pau” que tentavam “furar” a fila e até mesmo o gerente do estabelecimento, que acionou a Polícia Militar.

Tem umas pessoas que se acham espertas e estão furando a fila e eu falei não. Na minha frente vocês não vão furar, se for furar vai ter que passar por cima de mim”, diz Edy em vídeo gravado pela jornalista. “As pessoas perderam a vergonha na cara. Um senhor nessa idade não tem vergonha na cara. Imagina! Não tem como, só fazendo assim, infelizmente“, desabafou a funcionária pública.

Apesar da atitude extrema, a indignação da funcionária pública acabou sendo em vão. Depois de ser obrigada a se levantar, alguns motoristas conseguiram “furar” a fila e abastecer antes de outros condutores que já estavam há um bom tempo esperando atendimento. Edy pelo menos conseguiu abastecer o seu veículo e a polícia, sequer chegou a ir no local.

Ela teve uma atitude extrema, mas ela não estava errada. Tem gente que vai abastecer antes de mim, porque eles fizeram uma fila paralela e eu cheguei na fila antes desse povo“, conclui  Antonielly.

Correria – A correria de motoristas aos postos de combustível da Capital, foi motivada pelo anúncio da Petrobras de novo aumento no preço dos combustíveis. Apesar da alta nas refinarias estar prevista para amanhã, os valor já foi reajustado nas bombas, chegando a R$ 6,97 na Capital.

Após 57 dias sem reajustes, a partir de 11/03/2022, a Petrobras fará ajustes nos seus preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras“, informou a estatal, em comunicado. O litro da gasolina vai ficar R$ 0,54 mais caro ao consumidor e o combustível chegará aos R$ 7,00 em Campo Grande a partir desta sexta-feira (11), podendo ultrapassar esse valor em vários postos da Capital, conforme análise do diretor do Sinpetro-MS (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo e Lubrificantes), Edson Lazarotto.

Campo Grande News

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo Protegido