29.8 C
Três Lagoas
segunda-feira, 17 de junho, 2024

LGBT é uma siga que significa…. ?

Por Nilton Serson, advogado com cursos de especialização em negociação e mercado de capitais em Harvard, e ex professor da USP E MACKENZIE em Direito Comercial e Societário

Quais as tendencias do movimento LGBT+

Nilton Serson: O movimento LGBT+ (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transgêneros, e outras identidades de gênero e orientações sexuais) tem passado por diversas tendências e mudanças ao longo dos anos. Aqui estão algumas tendências recente

Maior aceitação social: nos últimos anos, tem havido uma maior aceitação social em relação às pessoas LGBT+, com um número crescente de pessoas apoiando a igualdade de direitos e o reconhecimento da diversidade sexual e de gênero.

Crescimento da visibilidade: a visibilidade das pessoas LGBT+ também tem crescido, tanto na mídia quanto na vida cotidiana, com mais figuras públicas saindo do armário e compartilhando suas histórias.

Maior conscientização sobre questões transgênero: há uma crescente conscientização sobre as questões transgênero, incluindo o reconhecimento de identidades não-binárias e a necessidade de respeito pelos pronomes e identidades de gênero das pessoas trans.

Luta por direitos iguais: apesar dos avanços conquistados, ainda há muito trabalho a ser feito na luta por direitos iguais para pessoas LGBT+, incluindo a luta por leis antidiscriminação, casamento igualitário e igualdade de acesso a serviços de saúde.

Maior diversidade dentro da comunidade: há uma maior conscientização sobre a diversidade dentro da comunidade LGBT+, incluindo a existência de pessoas LGBT+ de diferentes raças, origens étnicas e culturais, e a luta contra a discriminação intra-comunidade.

Essas são apenas algumas das tendências recentes no movimento LGBT+. É importante lembrar que a comunidade LGBT+ é diversa e complexa, e que as tendências podem variar de acordo com a região, cultura e momento histórico.

O que o movimento LGBT+ pode agregar no contexto social!

Nilton Serson: O movimento LGBT+ pode agregar muito ao contexto social, trazendo mudanças importantes e positivas em várias áreas. Aqui estão algumas das formas pelas quais o movimento pode agregar ao contexto social:

Promover a igualdade e a justiça social: o movimento LGBT+ luta pelos direitos iguais e pela justiça social, não apenas para as pessoas LGBT+, mas para todas as pessoas que enfrentam discriminação e opressão. Ao promover a igualdade, o movimento pode ajudar a construir uma sociedade mais justa e inclusiva.

Ampliar a diversidade e a inclusão: ao celebrar a diversidade sexual e de gênero, o movimento LGBT+ pode ajudar a ampliar a diversidade e a inclusão em todos os aspectos da sociedade. Isso pode levar a um aumento da compreensão e da empatia em relação a outras diferenças, como raça, religião e habilidades.

Defender os direitos humanos: o movimento LGBT+ luta pelos direitos humanos, incluindo o direito à vida, à liberdade e à igualdade perante a lei. Ao defender esses direitos, o movimento pode ajudar a proteger os direitos de todas as pessoas, independentemente de sua orientação sexual ou identidade de gênero.

Promover a saúde e o bem-estar: o movimento LGBT+ trabalha para promover a saúde e o bem-estar das pessoas LGBT+, incluindo a luta contra a discriminação em serviços de saúde e a promoção da saúde mental. Ao promover a saúde e o bem-estar das pessoas LGBT+, o movimento pode ajudar a melhorar a saúde e o bem-estar de toda a sociedade.

Contribuir para a cultura e a arte: o movimento LGBT+ tem contribuído para a cultura e a arte em todo o mundo, incluindo a música, a literatura, o cinema e as artes visuais. Ao valorizar e celebrar a diversidade cultural e artística das pessoas LGBT+, o movimento pode ajudar a enriquecer a cultura e a arte da sociedade como um todo.

Essas são apenas algumas das maneiras pelas quais o movimento LGBT+ pode agregar ao contexto social. Ao promover a igualdade, a inclusão, os direitos humanos, a saúde e o bem-estar e a cultura, o movimento pode ajudar a construir uma sociedade mais justa e vibrante para todas as pessoas.

O que esperar do movimento LGBT + daqui para frente ?

Nilton Serson:O movimento LGBT+ tem passado por muitas mudanças e avanços nos últimos anos, e é difícil prever exatamente o que esperar no futuro. No entanto, aqui estão algumas tendências e possibilidades que podem surgir no movimento LGBT+:

Maior visibilidade e conscientização: é provável que a visibilidade das pessoas LGBT+ continue a aumentar, e que haja uma maior conscientização sobre as questões LGBT+ em todo o mundo.

Luta por direitos iguais: a luta por direitos iguais para pessoas LGBT+ ainda é um objetivo importante para o movimento, e é provável que haja avanços significativos em áreas como o reconhecimento legal de casamentos entre pessoas do mesmo sexo, a proteção contra a discriminação no local de trabalho e outras áreas da vida.

Maior diversidade e inclusão: o movimento LGBT+ está se tornando cada vez mais consciente da necessidade de incluir e valorizar a diversidade dentro da comunidade LGBT+, incluindo a existência de pessoas LGBT+ de diferentes raças, origens étnicas e culturais. É provável que essa tendência continue, com um maior foco na inclusão e na luta contra a discriminação intra-comunidade.

Luta contra a violência e a discriminação: infelizmente, a violência e a discriminação contra pessoas LGBT+ ainda são comuns em muitas partes do mundo. É provável que o movimento LGBT+ continue a lutar contra essas formas de opressão, incluindo a violência policial, o bullying e o assédio nas escolas, a discriminação na saúde e em outras áreas.

Maior interseccionalidade: o movimento LGBT+ está cada vez mais consciente da importância da interseccionalidade, ou seja, da necessidade de considerar as várias formas de opressão que as pessoas LGBT+ enfrentam em conjunto com outras formas de opressão, como racismo, sexismo e capacitismo. É provável que essa tendência continue, com um maior foco na solidariedade entre as diversas comunidades marginalizadas.

Essas são apenas algumas das possibilidades que podem surgir no movimento LGBT+. O futuro do movimento dependerá das mudanças sociais, políticas e culturais que ocorrerem em todo o mundo, bem como da capacidade do movimento de se adaptar e responder a essas mudanças.

Leia Mais:

A pergunta que não quer calar: Americanas, fraude ou inconsistências contábeis?

Nilton Serson – YouTube

Investir em políticas de combate ao preconceito contra LGBTQ+ nas empresas vai além de campanhas e cotas

Deu na Rádio Caçula? Fique sabendo na hora!
Siga nos no Google Notícias (clique aqui).
Quer falar com a gente? Estamos no Whatsapp (clique aqui) também.

Veja também

Parceria firmada visa atendimento pelo Pronto Socorro do HA por demanda espontânea

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso do...

Ação judicial pede que FIEMS devolva antigo prédio do SESI de Três Lagoas

FIEMS (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) chegou à tentar vender imóvel por R$ 6 milhões, o que causou polêmica.

Nova sede do CRAS “Ana Maria” será entregue essa semana no Novo Oeste

Está prevista para essa semana a entrega da nova sede do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) “Ana Maria Moreira”. Localizada na Rua...