23.4 C
Três Lagoas
segunda-feira, 27 de junho, 2022

IR: a um mês para fim do prazo, 51% das declarações de MS são entregues

Prazo para envio das declarações encerra dia 31 de maio.

MATO GROSSO DO SUL – O prazo para declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF) 2022, ano-base 2021, foi adiado para 31 de maio e, até a última sexta-feira (29), 51,04% dos contribuintes de Mato Grosso do Sul entregaram o documento à Receita Federal. O número corresponde a 244 mil das 478 mil declarações esperadas para este ano no estado.

O prazo de encerramento foi ampliado em razão da pandemia da Covid-19, assim como nos anos de 2021 – que foi até 31 de maio – e 2020 – que finalizou em 30 de junho. Neste ano o prazo começou em 7 de março.

A declaração enviada após o prazo legal fica sujeita à multa. O valor da multa é de 1% ao mês, sobre o valor do imposto de renda devido, calculado na declaração, mesmo que esteja pago. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74, podendo chegar, no máximo, a 20% do valor do imposto de renda.

IR Social

As doações de parte do IRPF para projetos sociais deverão totalizar apenas R$ 250,25 milhões neste ano, segundo estimativa da Receita Federal no Orçamento Geral da União de 2022. O mecanismo permite o abatimento de até 6% do Imposto de Renda devido ou o abatimento de até 6% da restituição, limitada a 3% para cada tipo de ação social.

As doações totais estão limitadas a 6% do imposto devido ou da restituição, com até 3% sendo usados para cada categoria. Caso queira, o contribuinte poderá doar mais, porém o valor não poderá ser deduzido do imposto a pagar.

Além das doações diretas, o contribuinte pode deduzir, dentro do limite global de 6%, doações para três tipos de ações feitas no ano anterior: incentivos à cultura (como doações, patrocínios e contribuições ao Fundo Nacional da Cultura), incentivos à atividade audiovisual, incentivos ao esporte.

Primeira Página (RMC)

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo Protegido