22.4 C
Três Lagoas
quarta-feira, 19 de janeiro, 2022

Governo repassa R$ 1,5 milhão para incentivar projetos culturais do MS

Cultura – 30/04/2012 – 07:04

Governo repassa R$ 1,5 milhão para incentivar projetos culturais do MS

Este ano o FIC/MS ampliou em 25% o volume de recursos para projetos da comunidade em relação a 2011, totalizando R$ 1,5 milhão. O recurso será aplicado em todas as artes. Foram aprovados pelo Conselho Estadual de Cultura 58 projetos dentre 193 inscritos.

O FIC 2012 contemplará atividades culturais em 18 municípios do Estado: Três Lagoas, Campo Grande, Inocência, Chapadão do Sul, Cassilândia, Bodoquena, Jaraguari, Paranhos, Caarapó, Amambai, Rio Brilhante, Coxim, Itaporã, Gloria de Dourados, Sidrolândia, Ivinhema, Dourados e Nioaque.

O objetivo do FIC é contemplar a produção cultural sul-mato-grossense em suas mais diversas manifestações, priorizando a circulação de bens culturais por todas as regiões do Estado, como forma de ampliar o acesso do público e estimular a formação de novas plateias.

Artistas e produtores responsáveis pelos 58 projetos contemplados pelo FIC.

Além da garantia da liberação já no próximo mês, André anunciou para 2013 um aumento de 100% no valor do FIC, que chegará a R$ 3 milhões. “No orçamento do ano que vem que enviaremos em novembro para a Assembleia Legislativa vamos prever o aumento”, garantiu o governador. Desse total do Fundo para 2013, R$ 2,250 milhões serão destinados diretamente pelo Executivo e R$ 750 mil representarão a contribuição da Assembleia Legislativa aos projetos culturais, conforme parceria proposta pelo presidente da Casa, deputado Jerson Domingos, durante a cerimônia de assinatura.

“O FIC foi retomado em 2008 pelo atual governo e desde essa retomada já repassou R$ 5,7 milhões, beneficiando 201 projetos. Ele existe para garantir incremento de recursos para iniciativas que são da própria comunidade cultural”, destacou o presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Américo Calheiros. “Agradecemos o apoio do governador e agora também da Assembleia Legislativa”, completou.

Fonte: A Critica

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo Protegido