17.1 C
Três Lagoas
quinta-feira, 26 de maio, 2022

DIG prende foragido da “Operação Caiman II”

Policial – 24/04/2012 – 18:04

Nessa segunda-feira (23), Policiais Civis da Delegacia de Investigações Gerais de Três Lagoas/MS, DIG, receberam uma denúncia anônima que uma pessoa procurada pela justiça estaria pelo Bairro Vila Nova.

Em diligências pela Rua Elvirio Mario Mancini abordaram o suspeito um homem de 34 anos.Identificado sendo Luciano Ferreira da Silva onde teria sido preso em 2011 na Operação Caiman II maior operação da história da PF(Polícia Federal).

Com três passagens por tráfico de drogas em seu desfavor um mandado de prisão expedido pelo juízo da vara de execução da comarca de Campo Grande/MS.

O foragido foi encaminhado à sede da DIG onde foi transferido através de escolta da Polícia Militar até a cidade de Campo Grande/MS.

Operação Caima

Polícia Federal de Três Lagoas desencadeou em outubro de 2011 a Operação Caiman II – para combater o tráfico de drogas.

Segundo nota enviada à imprensa, 14 equipes de policiais federais deram cumprimento a 33 mandados de prisão preventiva e 14 mandados de busca e apreensão.

Os mandados foram cumpridos nos municípios de três Lagoas, Paranaíba, Campo Grande. Ao todo, foram mobilizados 60 policiais federais,com investigações de dois grandes traficantes locais que, apesar de notória participação no tráfico, desempenhavam atividades criminosas livremente.

De acordo com os federais, o combate era difícil, pois raramente tinham contato com a droga. Boa parte do tráfico era comandada de dentro do presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. Lá foram identificados três grandes traficantes ligados ao PCC (Primeiro Comando da Capital).

Estes traficantes, de acordo com as informações da delegacia, eram responsáveis por adquirir a droga na faixa de fronteira e gerenciar o transporte até Três Lagoas e toda a região do Bolsão. A Federal estima que, por ano, os envolvidos movimentavam aproximadamente 300 quilos de entorpecentes.

Durante as investigações, foi possível identificar mais de 80 envolvidos. Neste período, foram realizados 18 flagrantes com apreensões de cocaína (3 kg), maconha (20,5 kg), armas (sete, duas delas de calibre restrito) e diversos outros petrechos utilizados pelos traficantes.

Fonte: Redação com informações da DIG / Divulgação

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo Protegido