21.6 C
Três Lagoas
sexta-feira, 24 de junho, 2022

Curso de Medicina do CPTL é avaliado com nota máxima e recebe reconhecimento do MEC

  • O processo teve início há oito anos.

TRÊS LAGOAS (MS) – O curso de Medicina do Campus de Três Lagoas (CPTL) foi avaliado pelo Ministério da Educação (MEC) e recebeu nota máxima. A avaliação faz parte do processo de reconhecimento do curso de graduação, que completa oito anos em 2022.

O processo é longo e acontece de forma gradual. Desde o surgimento do curso, em 2014, as avaliações têm sido realizadas para garantir a qualidade do ensino. O coordenador do curso de Medicina do CPTL, Rafael Grassi Cassemiro, explica que já foram formadas duas turmas de profissionais.

“Esse processo de reconhecimento começou oito anos atrás. São várias etapas de observação, acompanhamento e essa foi a avaliação derradeira. O curso recebeu a nota máxima, então a partir de agora, estamos autorizados a funcionar em definitivo”, celebra. 

A diretora substituta do CPTL e coordenadora do Mestrado em Enfermagem, Larissa da Silva Barcelos, acompanhou a fase de preparação e a visita para avaliação do MEC. Ela conta que o processo é desafiador, mas o trabalho em equipe foi fundamental para alcançar esse resultado. 

O conceito máximo nesta avaliação é o reconhecimento público do nosso trabalho em equipe, que é pautado na Ciência, no respeito à diversidade, na dedicação de nossos docentes e técnicos e no interesse e esforço de nossos alunos, em busca de uma formação sólida. Um resultado tão positivo traz a sensação de que estamos caminhando na direção correta e oferecendo formação de qualidade na área da saúde”, ressalta.

A avaliação para reconhecimento foi o último parecer externo necessário para consolidação do curso. Na visita, foram analisadas a organização didático pedagógica, o corpo docente e a infraestrutura. “A partir de agora o curso será avaliado periodicamente, por meio do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), e poderá, futuramente, receber novas visitas para renovação de reconhecimento”, conclui a diretora substituta.

Com informações Mylena Rocha/Centro Acadêmico do Curso de Medicina

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo Protegido