28.1 C
Três Lagoas
quarta-feira, 8 de dezembro, 2021

Considerado referência nacional, nova sede do DOF está com mais da metade da obra concluída

Em ritmo acelerado, as obras da nova sede do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), em Dourados, estão 51% executadas.  No local, os trabalhadores atuam na fase de conclusão do reboco para iniciar a fase de acabamentos. A previsão é de que as obras sejam entregues em agosto de 2022.

De acordo com o diretor do DOF, coronel Wagner Ferreira da Silva, a nova estrutura será um divisor de águas na segurança pública de Mato Grosso do Sul. “Trata-se de um plano ousado do Governo do Estado, que vai possibilitar a ampliação de tecnologias, efetivo e serviço de inteligência no combate à criminalidade. É o reconhecimento desse órgão que atua há 34 anos em MS e é referência nacional”, ressaltou, lembrando que além da nova sede, o Estado trabalha para a aquisição de mobiliários novos e toda rede tecnológica como computadores e rede de internet.

De acordo com o secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, a nova sede será um importante instrumento de combate à criminalidade. “A atual sede do DOF tem 25 anos e ficou pequena. Como a área de atuação do Departamento aumentou desse tempo para cá, precisávamos de um complexo moderno para atender toda a demanda”, afirmou.

O secretário disse ainda que a obra faz jus a atuação dos policiais, que na ausência das forças federais, são os únicos presentes na fronteira, e há muito tempo vem realizando, junto com as outras forças de segurança, as maiores apreensões de drogas do País, a exemplo da apreensão recorde de 33,3 toneladas maconha, no final do mês de agosto do ano passado.

O prédio, que terá 1.434 m², será erguido em um terreno de 17.400 m² na Marginal Guaicurus, conhecida como prolongamento da Rua Coronel Ponciano, materializando um sonho de mais de 30 anos.

Para o governador Reinaldo Azambuja, a atual sede ficou pequena para o tamanho das operações do DOF. “Ela tem mais de 25 anos. Como a área de atuação do DOF aumentou desse tempo para cá, precisávamos de um complexo moderno para atender toda a demanda”, explicou.

Segundo o secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, o DOF se tornou case de sucesso no País e merece uma estruturação à altura. “Com um modelo de integração junto a Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira), prestamos o melhor serviço para Mato Grosso do Sul e resto do País”, completou.

Nova Sede

Considerado referência nacional, nova sede do DOF está com mais da metade da obra concluída

Com R$ 5,1 milhões de recursos do Estado, o moderno complexo policial vai abrigar as estruturas administrativas e operacionais do DOF e da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

A sede contará com heliponto, auditório, alojamentos, salas de aula, cozinha, refeitório e ambientes administrativos. A unidade policial ainda terá salas de logística, inteligência, investigação e cartórios, entre outras.

Informações: Assessoria

Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS