29.8 C
Três Lagoas
segunda-feira, 17 de junho, 2024

Com alvos em Três Lagoas, GAECO realiza operação contra lavagem de dinheiro

Denominada “Cartão Vermelho”, cumpriu mandados também em Dourados e em Campo Grande na manhã desta terça, 21.

Com o cumprimento de mandados de busca e apreensão em Três Lagoas, o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), órgão do Ministério Público de Mato Grosso do Sul deflagrou na manhã desta terça-feira, 21 uma operação contra lavagem de dinheiro dentro da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul).

Apelidada de “Cartão Vermelho”, cumpriu cerca de sete mandados de prisão, além de 14 mandados de busca e apreensão em Campo Grande, Dourados, e em Três Lagoas. Na capital de MS, os mandados foram cumpridos na casa do presidente da federação, Francisco Cesário de Oliveira.

Segundo informações do GAECO, o grupo que era liderado por Cezário realizava pequenos saques de até R$ 5 mil para não chamar a atenção dos órgãos de controle, onde de setembro de 2018 até fevereiro de 2023, foram realizados alguns desvios que chegam na casa dos R$ 6 milhões. Na ação de hoje, foram apreendidos mais de R$ 800 mil, inclusive em notas de dólar, além de munições e um revólver. Na nota, o MPMS não informou quais mandados e prisões foram realizados em Três Lagoas.

O nome “Cartão Vermelho” se refere ao instrumento utilizado pelos árbitros para expulsar jogadores, que praticam infrações graves em campo. Os alvos da ação foram Jamiro Rodrigues de Oliveira, vice-presidente da FFMS; Marco Antônio Tavares, vice-presidente e coordenador de competições da federação, que também consta como presidente da Federação de Tênis de Mesa; Aparecido Alves Pereira, delegado de jogos da FFMS; Rudson Bogarim Barbosa que, em publicação do site da entidade, em 2022, estava como gerente da TI da FFMS.

Outros alvos da operação foram Marcelo Mitsuo Ezoe Pereira; Francisco Carlos Pereira; Umberto Alves Pereira; Valdir Alves Pereira; Francisca Rosa de Oliveira; Marco Antônio de Araújo; Patrícia Gomes Araújo; além do Sindicato dos Árbitros Profissionais de Mato Grosso do Sul (Sindarbitros) e a empresa Invictus Sports.

Deu na Rádio Caçula? Fique sabendo na hora!
Siga nos no Google Notícias (clique aqui).
Quer falar com a gente? Estamos no Whatsapp (clique aqui) também.

Veja também

Parceria firmada visa atendimento pelo Pronto Socorro do HA por demanda espontânea

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso do...

Ação judicial pede que FIEMS devolva antigo prédio do SESI de Três Lagoas

FIEMS (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) chegou à tentar vender imóvel por R$ 6 milhões, o que causou polêmica.

Nova sede do CRAS “Ana Maria” será entregue essa semana no Novo Oeste

Está prevista para essa semana a entrega da nova sede do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) “Ana Maria Moreira”. Localizada na Rua...