28.1 C
Três Lagoas
quarta-feira, 8 de dezembro, 2021

Animador morre após cair de carreta e ser atropelado










Segundo PM, algumas crianças que estavam na carreta e que participavam da recreação chegaram a passar mal após o acidente

03/04/2019 07h04

Um acidente tirou a vida de um animador de 36 anos durante um passeio com crianças no bairro Vila Nova, em Ecoporanga (ES), no Noroeste do Estado, na noite de sexta-feira (29). De acordo com a Polícia Militar, Melino Campos Rocha trabalhava como animador em uma carreta e estava vestido com uma fantasia do personagem Fofão quando, por volta das 21 horas, perdeu o equilíbrio, caiu do veículo e foi atropelado por ele.

Segundo a PM, testemunhas relataram que, quando se desiquilibrou, a vítima chegou a ficar pendurada na lateral do veículo, mas não conseguiu se manter presa por muito tempo.

A polícia informou também que várias pessoas que estavam na carreta no momento do acidente ficaram em estado de choque.

De acordo com o sargento da PM Alecsandro Sousa, que atua em Ecoporanga, Melino era natural do município mineiro de Governador Valadares, mas estava viajando pelo Espírito Santo junto com a equipe da carreta.

“A morte desse rapaz é uma tragédia muito triste. Principalmente, pelo fato de a vítima ser um trabalhador e alguém que estava apenas levando alegria a crianças e adultos. Sentimos muito”, afirmou o sargento.

Segundo o militar, algumas crianças que estavam na carreta e que participavam da recreação chegaram a passar mal após o acidente. Uma ambulância do Samu foi acionada, prestou o atendimento necessário e parte delas foi levada a um hospital da região.

O corpo do animador foi encaminhado ao Serviço Médico Legal (SML) de Colatina. De acordo com uma funcionária do SML, a mãe de Melino esteve no local para liberar o corpo e estava muito abalada.

Informações via Tribuna Online

TRENZINHOS DA ALEGRIA

Há alguns anos a internet descobriu um dos maiores movimentos artísticos do Brasil: os trenzinhos da alegria, e a mais famosa deles o “Trenzinho Carreta Furacão”. A união de personagens recriados em um nível único de precisão, unido com a ginga brasileira, transformou o gênero no maior fenômeno das ruas do Brasil

TRENZINHOS PERIGOSOS

Se vestir de Fofão, Capitão América, Homem Aranha ou qualquer outro personagem; e sair pelas ruas, livre, dançando, subindo em muros, virando mortal, dando voadora, fazendo piruetas, tudo isso sem ser julgado, afinal, sua verdadeira identidade está bem guardada pela fantasia.

Porém, existe um risco, e uma hora poderia ocorrer a fatalidade. Existem registros de pequenos acidentes que poderiam ser um sinal de alerta para o que aconteceu com Melino. Separamos alguns.

PEQUENOS ACIDENTES:

Fofão sobe em muro e cai – Desconhecendo os limites da física e do corpo humano, esse Fofão foi forçado a executar uma manobra de extremo perigo. Veja o vídeo:

Popeye é atropelado por uma bicicleta – Sem pode prestar atenção ao transito a sua volta, pobre Popeye, acabou sendo atropelado. Veja o vídeo:

Fofão batendo a cabeça no trenzinho – ao pegar carona na Carreta, em uma fração de segundo, ele acaba se chocando com o teto. Veja o vídeo:

Dançarino cai de uma ponte – dançarino vestido de Ben 10 tenta se pendurar em ponte e acaba caindo. Não temos informações da gravidade do acidente, mas as imagens são impressionantes. Talvez, a prova final e definitiva que algo está errado com esse tipo de trabalho.

CONCLUSÃO

Em fim, apesar de ser incrível, esse tipo de trabalho é bastante arriscado. E mesmo pequenos acidentes mostram que os dançarinos ficam expostos a um ambiente de risco não controlado. Um acidente fatal poderia ter acontecido a muito tempo e pode se repetir. Esperamos que não, mas “quem brinca com fogo acaba se queimando”.

Da Redação


Melino era natural do município mineiro de Governador Valadares, mas estava viajando pelo Estado (Foto: Reprodução Tribuna Online)





Comentários do Facebook

MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MAIS LIDAS