24/09/2013 - Atualizado em 24/09/2013

Educação Ambiental inicia nova etapa de atividades com professores de Três Lagoas e Castilho

Oficinas debatem fotografia como proposta pedagógica para discussão da Educação Ambiental em sala de aula

Por: Assessoria
 
 
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Professores das redes municipais de Três Lagoas (MS) e Castilho (MS) iniciaram nesta semana mais uma etapa de atividades do Programa de Educação Ambiental (PEA). As oficinas realizadas nos dois municípios discutem a inserção da fotografia como proposta pedagógica para a Educação Ambiental em sala de aula.

A atividade faz parte do projeto de gestão ambiental G-Pontes realizado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em parceria com a UFPR durante a construção da Ponte sobre o Rio Paraná, na divisa entre São Paulo e Mato Grosso do Sul. As oficinas com os professores iniciaram em julho e são ministradas pela professora da UFPR Christiane Gioppo. Em Três Lagoas, a atividade foi na noite de segunda-feira, dia 23. Durante a oficina, foi discutido o tema “Água” através das fotografias feitas por professores e alunos.

Em Castilho, os educadores se reuniram na sexta-feira, dia 20, no Departamento Municipal de Educação, para discutir o tema “(Re) descobrindo Castilho”. A proposta é permitir aos professores e alunos um novo olhar acerca do ambiente onde vivem.

Programa de Educação Ambiental

O PEA atende à demanda local sobre a necessidade de refletir sobre como abordar as questões ambientais de maneira interdisciplinar na sala de aula. Para isso, as oficinas trabalham a fotografia e estimulam os docentes a explorar um novo olhar sobre o ambiente onde vivem.

G-Pontes

O Projeto G-Pontes é uma parceria do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) com a Universidade Federal do Paraná (UFPR) por meio do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura (ITTI) para a gestão ambiental de obras de implantação de pontes em rodovias federais, com o objetivo de cumprir as condicionantes para a emissão e/ou manutenção das licenças requeridas por órgãos ambientais. Atualmente o ITTI supervisiona a construção da Ponte sobre o Rio Paraná, na BR-262, entre os estados de Mato Grosso do Sul e São Paulo.



Seja o primeiro a comentar!

Envie seu Comentário!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.