16/04/2018 09h14

Morte de animais alerta produtores rurais da região de Andradina para possível ataque de onças

Em uma fazenda de Pereira Barreto, 12 animais, entre ovelhas e carneiros apareceram mortos em menos de um mês

 
Por: Da Redação
 
 
Pegada de onça foi vista por produtores na região de Andradina (Foto: Reprodução/TV TEM) Pegada de onça foi vista por produtores na região de Andradina (Foto: Reprodução/TV TEM)

Publicidade

Produtores rurais da região de Andradina (SP) estão assustados e acumulando prejuízos por causa de animais que estão aparecendo mortos nas propriedades. A principal suspeita são os ataques de onças, já que funcionários de fazendas já viram o animal andando perto das propriedades.

O produtor rural Sérgio Henrique Morais arrendou um sítio em Andradina, mas atualmente ele só tem uma ovelha e um carneiro, em um rebanho que tinha 40 cabeças. Desde o ano passado, os animais começaram a aparecer mortos e com marcas de ataques que o produtor acredita ser de onças.

Ultimamente os ataques começaram a ficar mais frequentes e para tentar evitar mais prejuízos ele começou a prender os animais durante a noite em um barracão. Mesmo assim, cinco foram encontrados mortos dentro do local.

Começou em 2017, atacava carneiro, ganso, galinha de Angola, todos animais domésticos, até cachorro acredito que foi a onça

— Sérgio Henrique Morais, produtor rural.

"É um prejuízo porque agora a gente fica em dúvida se continua com a criação, já vendi até alguns animais com medo de tomar mais prejuízo", afirma.

Desde o ano passado, vários relatos de fazendeiros começaram a surgir. Em uma fazenda, em Pereira Barreto (SP), 12 animais, entre ovelhas e carneiros foram mortos em menos de um mês.

Os ataques são sempre de noite e, alguns deles, acontecem dentro do curral. O administrador da fazenda, Cleivi Antônio Dias, diz que foram três ataques e mais de um animal morto por vez.

"A gente desconfia que seja a onça porque já a vimos no pasto sozinha, já foi avistada pelos peões. Um carneiro custa em média R$ 300, já tivemos mais de 10 carneiros mortos, então é um bom prejuízo", afirma.

Vídeo mostra pegada

Em um vídeo feito por funcionários da fazenda no dia seguinte a um dos ataques dá para ver as pegadas do bicho. A veterinária Vanessa Fernandes Cervigni já trabalhou com felinos selvagens e, ao ver as imagens, acredita na possibilidade de ser uma onça.

"Claramente foram ataques de onça, os animais apresentam na maioria sinal de asfixia, marca de dentes. A onça não se alimenta de todos, ela provavelmente se sentiu acuada, e por isso ela atacou. Ela está perdendo o território dela e ela está invadindo outras áreas. E são animais fáceis para se abater do que animais silvestres", afirma a veterinária.

As onças pardas ou sussuaranas são encontradas em todo o território brasileiro. Elas costumam ter hábitos noturnos, mas também podem ser vistas durante o dia, geralmente sozinhas.

Elas não costumam atacar humanos, a menos que se sintam acuadas. Mas a orientação da Polícia Ambiental, caso elas sejam vistas, é manter distância e ligar para a polícia.

"O importante é fazer o contato e a gente vai até o local, captura o animal com apoio de um veterinário. Daí a gente leva para área de reserva para ele não voltar mais para o local onde estava abatendo os animais", afirma o sargento Roberto Carlos de Oliveira.

Por: G1.com

 
Produtores rurais estão com medo e sofrendo prejuízo (Foto: Reprodução/TV TEM) Produtores rurais estão com medo e sofrendo prejuízo (Foto: Reprodução/TV TEM)

Envie seu Comentário