POLÍTICA

Dr. Odilon diz que presidente FHC e Lula protegeram terroristas

 
 

19/01/2019 09h36
Por: Gabriele Benati

 
 

"O governo do Lula foi o que mais atribuiu o terrorismo no Brasil, o governo do FHC também abrigou muitos principalmente os terroristas da Colômbia, isso evidentemente depõe contra a imagem da nação e prejudica o relacionamento entre o Brasil e outros países". Esta foi a declaração do juiz aposentado Odilon de Oliveira, durante entrevista ao Jornal da Hora 92 FM desta terça-feira (15).

Em outubro de 2017, o juiz Odilon determinou prisão preventiva de Cesare Battisti que foi detido na cidade de Corumbá (MS), fronteira com a Bolívia. Aquele foi o último dia de trabalho como juiz federal, que anunciou a aposentadoria e logo após se filiou ao Partido Democrático Trabalhista (PDT) para concorrer às eleições para governador de Mato Grosso do Sul.

Ainda durante entrevista, Odilon disse ao Jornalista Arthur Mário que o novo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, é dinâmico e bem preparado para lidar com as questões internacionais:

"O Ministro Sérgio Moro tem essa visão confio muito nele, o conheço há duas décadas e tenho sempre convicção pelos posicionamento dele que o Brasil vai lidar muito bem nas áreas da Justiça e relações internacionais", avaliou.

O italiano Cesare Battisti voltou para a cadeia nesta segunda-feira (14), na Itália, onde vai começar a cumprir pena por assassinatos. É o fim de uma fuga de quase quatro décadas, que envolveu cinco países. O presidente da República, Sergio Mattarella, declarou a sua satisfação com a prisão de Battisti. Há 37 anos que a Itália seguia os passos dele e o governo italiano já gastou 50 milhões de euros para monitorar um dos fugitivos mais conhecidos do país.

Informações Site Hora Notícias