ESPORTE

Atleta três-lagoense é destaque no campeonato Arab Cup de vôlei

Camisa 10 do Al Rayyan, o ponteiro Marcus Vinícius ajudou seu time a conquistar o bicampeonato e ainda faturou o prêmio de destaque do torneio

 
 

15/03/2019 10h43
Por: Deyvid Santos

 
 

Um atleta nascido em Três Lagoas (MS) vem se destacando cada dia mais no mundo árabe. O ponteiro Marcus Vinícius, de 24 anos, conquistou no fim do mês de fevereiro mais um título pelo Al Rayyan, um dos clubes mais tradicionais do Qatar, e ainda foi premiado como o grande destaque da competição.

Em Tunis, na Tunísia, o Al Rayyan faturou o bicampeonato da Arab Cup ao derrotar na final o anfitrião Espérance, por 3 sets a 2 (19/25, 25/22, 20/25, 25/20 e 15/9). Após o jogo do título, Marcus Vinícius recebeu o troféu individual, sua segunda conquista consecutiva no torneio.

"Foi mais um campeonato muito disputado, contra times fortes, que nós estudamos muito para vencer. Na semifinal, vencemos o Police Team, que conhecemos bem e tem muita qualidade, e na decisão nunca é fácil enfrentar o time da casa, tendo a torcida toda a favor deles. Mas fizemos um grande jogo e voltaremos para casa com mais uma taça. Fico muito feliz e agradeço a Deus por ser eleito pelo segundo ano seguido o melhor da competição", destacou o atleta que vem colecionando conquistas pelo Al Rayyan.

Na temporada 2017/2018, Marcus Vinícius sagrou-se campeão de todos os campeonatos que disputou e o Al Rayyan ficou mais de 40 jogos sem perder. Pelo time do Qatar, o brasileiro venceu Liga, Campeonato Árabe, Catar Cup e Copa do Rei. Na mesma temporada, ainda foi eleito o melhor atleta e jogador mais valioso.

Na atual temporada, 2018/2019, ele também já havia sido um dos destaques do Al Rayyan no bi da Supercopa.

O próximo desafio de Marcus Vinícius será a disputa do Campeonato Asiático, na China, valendo vaga no Mundial de Clubes. Posteriormente, ele ainda irá disputar Catar Cup e Emir Cup, ambas no Qatar.

Carreira

Marcus Vinícius foi revelado pelo projeto chamado "Univôlei", em Três Lagoas.

Após jogar dois anos em projeto escolar no Espírito Santo, o atleta vestiu a tradicional camisa do Santos Futebol Clube, onde foi campeão paulista em 2012. Antes de seguir para o Qatar, ele atuou por São Caetano e Blumenau, onde ficou em terceiro lugar na Superliga B.

Informações da Assessoria de Imprensa