CAMPO GRANDE

Após voltar de solitária, detento é encontrado morto na Máxima

Ele estava pendurado por uma corda no saguão do presídio

 
 

15/03/2019 09h29
Por: André Rodrigues

 
 
Bombeiros constataram o óbito - Foto: Valdenir Rezende Bombeiros constataram o óbito - Foto: Valdenir Rezende

O detento Jhony Santos de Lima, de 28 anos, foi encontrado morto e pendurado por uma corda no saguão do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande, na tarde de hoje (11), na Capital. Ele respondia por vários processos por furtos cometidos.

De acordo com o boletim de ocorrência, que foi registrado como morte a esclarecer, Jhony passou um longo período recolhido sozinho em uma cela de segurança e voltou hoje para a convivência com os demais internos.

Ainda conforme o registro policial, os agentes penitenciários disseram que aparentemente o interno não sofria ameaças ou retaliação por partes dos demais.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas o preso já não tinha sinais vitais e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado apenas para atestar o óbito.

O caso foi registrado na 3ª Delegacia de Polícia da Capital, que está investigando as circunstâncias da morte.

Conforme consulta no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, o rapaz respondia vários processos por furto.

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) informou que irá apurar as circunstâncias da morte.

Informações via Correio do Estado