MEIO AMBIENTE

Secretaria de Meio Ambiente retira 71 ovos de jacaré da Lagoa Maior

A coleta foi feita por uma equipe da Secretaria com autorização do IBAMA

 
 

11/01/2019 09h27
Por: Deyvid Santos

 
 

Dando continuidade aos trabalhos de manejo dos animais que habitam a Lagoa Maior, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócios (SEMEA) fez a retirada de 71 ovos de jacaré-de-papo-amarelo que estavam em dois ninhos em uma ilha de vegetação nativa. O procedimento tem autorização do IBAMA e os ovos foram encaminhado à Campo Grande para a Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

Uma equipe da SEMEA esteve ao final da tarde do dia 08 de janeiro, terça-feira, na Lagoa Maior para a coleta dos ovos, sendo que em um ninho foram encontradas 34 unidades e em outro 37, totalizando 71 ovos. "Os ovos foram dispostos em uma caixa de isopor grande, forrada com o próprio material orgânico presente no ninho, composto principalmente de capim seco", explicou biólogo da SEMEA, Flávio Henrique Fardin.

 
Os ovos foram retirados com autorização do IBAMA Os ovos foram retirados com autorização do IBAMA

Após a coleta, os ovos foram levados, na quarta-feira (8), para a UCDB em Campo Grande e entregues aos cuidados da Professora Doutora Paula Helena Santa Rita, a qual desenvolve pesquisas com répteis.

Flávio e o técnico ambiental Nilton de Castro Ramos, acompanharam a realocação dos ovos para encubação no biotério da UCDB, os quais foram acondicionados em recipientes com temperatura e umidade controladas.

"Caso a encubação resulte em filhotes e a pesquisadora não se interessar em ficar com os mesmos, eles serão soltos na Reserva Particular do Patrimônio Natural Cisalpina em Brasilândia", finalizou o secretário da pasta Toniel Fernandes.

Informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Três Lagoas

 

Envie seu Comentário