INACEITÁVEL

Vereador de Três Lagoas usa voz na sessão ordinária para denunciar estupro

Segundo o vereador Davis Martineli, uma criança com idade entre 4 e 5 anos teria sido abusada sexualmente em uma casa de acolhimento em Três Lagoas (MS)

 
 

19/03/2019 19h05
Por: André Rodrigues

 
 
///Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Trẽs Lagoas - Vereador Davis Martinelli (PROS) - Denúncia sobre abuso de vulnerável - 19.03.2019 /// Reprodução TV Câmara ///Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Trẽs Lagoas - Vereador Davis Martinelli (PROS) - Denúncia sobre abuso de vulnerável - 19.03.2019 /// Reprodução TV Câmara

O Vereador Davis Martinelli (PROS), utilizou os três minutos do pequeno expediente, durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Três Lagoas, nesta terça (19) para levar ao conhecimento de todos e denunciar um suposto estupro de vulnerável que teria acontecido em uma casa de acolhimento no município de Três Lagoas (MS).


Segundo o palarmentar, ele teria recebido a denúncia, por meio dos funcionários da saúde que realizaram atendimento ao garoto com idade de aproximadamene 5 anos, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O caso chegou ao conhecimento do vereador neste sábado (16).

O parlamentar expressou perplexidade na tribuna, ao tomar conhecimento da situação e afirmou ter acionado o Conselho Tutelar e notificou também a Secretaria de Assistência Social para esclarecerem o caso, no prazo máximo de 15 dias, a casa de leis de Três Lagoas.


Davis afirmou na tribuna que algumas pessoas tentavam esconder o crime. Mas os colaboradores da UPA acionaram o conselho tutelar e o médico constatou a violação. O vereador ainda disse que é obrigação do Poder Público - enquanto Município, Estado ou União - proteger os direitos e integridade da criança e que isso não poderia, jamais, ter acontecido dentro de uma casa que representa o poder público.


Segundo informações apuradas por nosso repórter Alfredo Netto, o fato realmente aconteceu, e uma pessoa do Conselho Tutelar informou que foi instaurada Denúncia junto ao Ministélrio Público.

Reportagem por Alfredo Netto e Redação por André Rodrigues - Rádio Caçula FM 96,9

Você pode assistir a sessão ordinária de 19.03.2019 logo abaixo. A denúncia realializada pelo parlamentar inicía em 1h e 11min do video