19/04/2017 16h05

Vereador Gilmar convoca população para protestar contra reformas da Previdência e Trabalhista

Parlamentar diz que população precisa participara no próximo dia 28 de abril da greve geral contra as mudanças propostas pelo Governo Michel Temer

 
Por: Infoco Bolsão mais informações Clique Aqui
 
Vereador Gilmar Garcia afirma que população tem que debater e se informar sobre essas mudanças Vereador Gilmar Garcia afirma que população tem que debater e se informar sobre essas mudanças

Publicidade

O vereador Gilmar Garcia (PSB) foi o mais enfático dos parlamentares da Câmara Municipal de Três Lagoas a se posicionar contra as reformas Trabalhista e da Previdência na sessão camarária de terça-feira (18). As reformas foram propostas pelo Presidente Michel Temer e estão em discussão no Congresso Nacional.

Ele ainda convocou a população para ir às ruas durante a greve geral que será realizada no dia 28 de abril (sexta-feira) em todo o país. "Precisamos lutar pelos nossos direitos e impedir que essas reformas acabem com os direitos do trabalhador", reforçou o vereador.

Gilmar afirmou que as pessoas precisam ter posição e ele tem uma posição muito clara contra o atual programa do Governo Federal, que é um viés direitista visando um desmonte do estado brasileiro, partindo claramente para terceirização, privatizações e precarização dos direitos trabalhistas.

O vereador disse que respeita as pessoas e que defendem a direita, mas que não pode compactuar com medidas que vão prejudicar tanta as pessoas.

Gilmar explicou ainda que os políticos tem que lutar por igualdade de condições, porque as pessoas são diferentes e vivem em situações diferentes nesse mundo tão competitivo. "Não adianta falar que uma pessoa que mora na periferia, tem que trabalhar para ajudar a família e estuda à noite em uma escola pública, terá a mesmas condições de entrar em uma boa faculdade que os jovens que nasceram em berço de ouro e estudaram a vida toda em escola particular e ainda pagam cursinho para se preparar para um vestibular", desabafou o vereador.

Ele ressaltou ainda que por isso é importante a luta pela valorização dos professores da escola pública e investir na qualidade de ensino e não trazer a terceirização para as salas de aulas como o atual governo pretende fazer. "Por isso, temos que ir contra essas reformas trabalhistas e da Previdência e convoco a população para juntar nessa luta no próximo dia 28, porque toda a sociedade será afetada e os mais prejudicados com certeza será a classe trabalhadora", finalizou o vereador.

Envie seu Comentário