10/10/2017 08h37

Atento às demandas da segurança pública, Coronel David visita Coordenadoria Geral de Perícias de MS

 
Por: Assessoria de Imprensa
 

Publicidade

O deputado estadual Coronel David (PSC) visitou a Coordenadoria Geral de Perícias, órgão da Secretária de Estado de Justiça e Segurança Publica, na manhã desta segunda-feira (9) em Campo Grande.

Na oportunidade, o deputado conversou com a Coordenadora Geral de Perícias Glória Setsuko Suzuki sobre demandas e melhorias ao Instituto de Análises Laboratoriais Forenses–IALF, Instituto de Identificação, Instituto de Criminalística e o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL). "Agradeço a atenção do deputado Coronel David pela visita e disponibilidade em ver de perto a realidade e a estrutura da Coordenadoria Geral de Perícias. Precisamos urgentemente da realização de um concurso público para aumentar o quadro de servidores na área de perícia, pois hoje temos somente 30% do efetivo necessário e também a construção de um Instituto de Análises Laboratoriais Forenses para realização de exames toxicológicos e material metabólico. Esperamos que o Coronel David nos dê esse suporte", disse Suzuki.

"Visitei a Coordenadoria Geral de Perícia a fim de tratar das demandas para melhorias ao Instituto de Análises Laboratoriais Forenses–IALF, Instituto de Identificação, Instituto de Criminalística e o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (IMOL). Estou atento às demandas da segurança pública, por isso já solicitei ao Governo do Estado um estudo para a realização de concurso público para aumentar o quadro de Peritos Oficiais Forenses e faremos o mesmo para os Peritos Papiloscopistas", pontuou Coronel David.

O presidente do Sindicato dos Peritos Papiloscopistas e Peritos Oficiais Forenses de MS, Rubens Syles Pereira também buscou o apoio do parlamentar por melhorias à categoria. "O Coronel David é da segurança pública e esperamos que com isso ele nos dê o apoio necessário para a realização de concurso público, pois precisamos aumentar o quadro de peritos papiloscopistas e suprir a falta de profissionais no interior do Estado", completou Rubens.

Envie seu Comentário