20/03/2017 12h54

Três-lagoense anuncia reboque furtado na OLX e acaba detido pela PM

 
Por: Ana Carolina Kozara com fotos de Rádio Caçula
 
 

Publicidade

Pouco mais de um mês após ter o seu reboque furtado, um andradinense de 60 anos encontrou a sua "carretinha" anunciada em um site de compra e vendas e o objeto estaria em posse de um três-lagoense e estaria no bairro Vila Nova.

De acordo com informações do boletim de ocorrência o furto aconteceu na cidade de Andradina nos primeiros dias do mês de fevereiro e após o crime a vitima passou a monitorar os sites de venda da região na tentativa de localizar o seu reboque, foi quando se deparou com um anuncio postado por uma três-lagoense e pela foto identificou que o objeto poderia ser de sua propriedade.

Desconfiado, o homem entrou em contato com a equipe policial de Três Lagoas e foi orientado a negociar o produto e então marcar um ponto de encontro com os vendedores, simulando que iria comprar o reboque e assim constatar se a "carretinha" de fato lhe pertencia.

O idoso seguiu a orientação dos policiais e no sábado (18) marcou um encontro com a anunciante no bairro Vila Nova onde conversou com a mulher que disse ao "comprador" que o veículo havia sido vendido há algumas horas.

Diante do relato da vítima, os agentes do serviço de inteligência da Polícia Militar se deslocaram até o local onde a vítima marcou o encontro e foram atendidos por um homem que ao ser questionado a respeito da carreta disse aos policiais que comprou o reboque na cidade de Andradina há cerca de um mês e que a mulher que atendeu o idoso seria uma amiga, que emprestou sua conta no site OLX para publicar o anuncio.

O suspeito disse que há cerca de 15 dias estava na casa de sua mãe na cidade de Andradina e quando um desconhecido passou pelo local tracionando a "carretinha" em um GM/Chevette e lhe ofereceu para comprar o reboque pelo valor de mil reais, que foi negociado e o homem acabou comprando o objeto pelo valor de R$700.

O vendedor ainda disse aos policiais que não sabia que o reboque era produto de furto e indicou o local onde a "carretinha" estaria naquele momento, então junto com os policiais se deslocaram até o bairro Jardim Carandá onde o comprador foi informado do acontecido.

Ambos os envolvidos afirmaram que não sabiam que o reboque era furtado, então o homem devolveu o valor de R$900 ao comprador e a "carretinha" foi entregue às autoridades para que os procedimentos de devolução fossem realizados.

O vendedor foi entregue à autoridade policial de plantão e autuado pelo crime de receptação.

Envie seu Comentário