APREENSÃO

Polícia Militar Ambiental prende e autua dois pescadores em Três Lagoas (MS)

A multa estipulada foi de R$ 3 mil por capturar 46 kg de pescado com 700 metros de petrecho ilegal do tipo rede.

 
 

25/04/2019 10h20
Por: Mirela Coelho

 
 
Foto: assessoria PMMS. Foto: assessoria PMMS.

Três Lagoas (MS) – Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas receberam denúncias na quarta-feira (24) à tarde, de que dois homens, em um veículo Ford Courier teriam acabado de carregar um veículo e um barco, num semi-reboque, em uma região denominada cascalheira, localizada nas proximidades da barragem da usina de Jupiá, um motor de popa, redes de pesca e grande quantidade de pescado que tinham capturado no rio Paraná, com os petrechos ilegais.

Os Policiais fizeram buscas ao veículo e o localizaram na área industrial, ainda próximo ao local de que teriam saído. Na abordagem, os dois ocupantes do veículo identificaram-se como pescadores amadores e disseram que tinham realmente acabado de sair de uma pescaria no rio Paraná e Sucuriú.

No veículo e no barco ainda molhado, foram encontradas 10 redes de pesca emendadas, medindo 700 metros e que estavam molhadas, além de 64 kg de pescado, que os infratores confessaram ter capturado com os petrechos proibidos e um carretilha com vara.

O pescado ilegal, o veículo, o barco, um motor de popa, a carretilha e as redes foram apreendidos. Os infratores, de 38 e 49 anos, residentes em Três Lagoas, receberam voz de prisão e foram conduzidos, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil da cidade, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca e transporte de produto da pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção.

Os pescadores também foram autuados administrativamente e multados em um total de R$ 2.920,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas depois de periciado.

Da redação com informação assessoria PMMS