FLAGRANTE

Mulher é presa em flagrante com casa recheada de droga em Três Lagoas (MS)

A entrada da polícia na casa se deu através de uma denúncia anônima sobre uma tentativa de invasão à residência

 
 

14/05/2019 07h18
Por: Redação

 
 
S.L. (43) encaminhada à Delegacia de Pronto Atendimento (DEPAC-TL). Foto: Divulgação Rádio Caçula S.L. (43) encaminhada à Delegacia de Pronto Atendimento (DEPAC-TL). Foto: Divulgação Rádio Caçula

TRÊS LAGOAS (MS) – Uma mulher foi presa em flagrante na noite de ontem (13) em sua residência na rua Ruth Lopes Prata Tibery, por tráfico de drogas.

De acordo com o boletim de ocorrência, a guarnição de Força Tática recebeu uma denúncia anônima de que um indivíduo estaria tentando invadir uma residência nesta rua. De pronto a polícia foi até o local onde chamaram pela moradora da residência, S.L. (43), que prontamente atendeu a equipe.

Ao realizar vistoria na casa, um dos policiais sentiu um forte odor característico no fundo da residência e ao procurar pelo local, os policiais encontraram 12 tabletes de maconha, pesando aproximadamente 10kg, em um saco preto debaixo de um tanque.

Em mais uma parte da casa, um dos quartos da residência, os policiais encontraram mais 12 tabletes inteiros e 6 tabletes fracionados de maconha, dentro de um balde roxo, aberto ao lado de uma cama de casal, totalizando mais 13kg da droga.

Um rolo de plástico filme, uma fita adesiva transparente e uma balança de precisão, além de utensílios usados para preparar, pesar e embalar a droga para a venda.

Ao ser questionado sobre o entorpecente, diante das evidencias, S.L. afirmou que desconhecia a presença da droga em sua casa e que o quarto onde a maconha foi encontrada pertence a seu filho, R.L.M. (20) com quem mora de aluguel na casa.

S.L. foi conduzida à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário pelo flagrante. A droga e os utensílios foram apreendidos.

Da redação

  • Droga e utensílios para manuseio e venda apreendidos. Foto: Divulgação 2º BPM

  • Balde recheado de droga encontrado no quarto da residência. Foto: Divulgação