11/01/2018 09h56

Homem é esfaqueado e morto durante briga generalizada no Residencial Orestinho

 
Por: Ana Carolina Kozara
 
 

Publicidade

O sindico do condomínio Professora Cleide Maria, Residencial Orestinho, proibiu a entrada de pessoas estranhas na área comum dos prédios e esta determinação se transformou em uma briga generalizada na noite desta quarta-feira (10) e um homem acabou esfaqueado e morto.

O caso aconteceu depois que o sindico se desentendeu com um adolescente, de 17 anos, na tarde de ontem (10). O menor teria ido até a casa do administrador, um jovem de 27 anos, tirar satisfação a respeito da proibição. Consta no Boletim de ocorrência que por duas vezes os jovens entraram em luta corporal, sendo separados pela vizinhança. Antes de ir embora o adolescente teria ameaçado a família do sindico.

O motivo da briga seria que o adolescente tem o costume de se reunir com outras pessoas para consumirem entorpecentes.

Algumas horas depois da discussão, o tio do adolescente, identificado como Robson da Silva Lima, 29 anos, acompanhado de dois homens desconhecidos entraram no condomínio e começaram a agredir o cunhado do sindico, que para defender o parente, se apoderou de uma faca e desceu até o estacionamento do condomínio.

O caso se transformou em uma briga generalizada e durante a confusão, Robson foi esfaqueado pelo sindico.

Amedrontados, a vizinhança acionou a Policia Militar que ao chegarem ao local se depararam com a equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) realizando os primeiros socorros à Robson que foi levado ao Hospital Auxiliadora, passou por procedimento cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã desta quinta-feira (11).

O sindico se apresentou aos policiais, entregou a arma do crime e foi conduzido até a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) onde foi entregue à autoridade policial de plantão.

Envie seu Comentário