ACIDENTE

Treslagoenses ficam feridas após colisão entre carro e carreta carregada com arroz

As três mulheres seguiam a bordo de um Hyundai HB20 (Sedan), na cor branco, placa de Três Lagoas/MS, batendo violentamente na traseira de uma carreta carrega com 37 mil Kg de arroz.

 
 

21/03/2019 15h45
Por: Mirela Coelho

 
 
Hyundai HB20, na cor branca, placa de Três Lagoas/MS, ficou com a frente totalmente destruída Hyundai HB20, na cor branca, placa de Três Lagoas/MS, ficou com a frente totalmente destruída

Três mulheres moradoras da cidade de Três Lagoas/MS ficaram feridas, uma delas que pensava-se a princípio ter ficado em estado mais grave, constatou-se que eram ferimentos leves, ao se envolverem em acidente de trânsito na noite de quarta-feira (20), próximo do KM 204 da rodovia Euclides Oliveira Figueiredo, a "rodovia da Integração" (SP 563), praticamente ao lado da Subestação de energia, no bairro Jaó. As três foram socorridas pelos bombeiros até a UPA – Unidade de Pronto Atendimento, medicadas e liberadas. A Polícia Rodoviária registrou boletim de ocorrência eletrônico.

O acidente de graves proporções materiais aconteceu poucos minutos depois das 21h, quando a bancária Tatiane da Silva Santos, de 32 anos, residente no Jardim Alvorada, seguia pela rodovia Euclides Oliveira figueiredo, a "rodovia da Integração" (SP 563), a bordo do Hiyundai HB20, na cor branco, placa de Três Lagoas/MS, acompanhada das amigas, a nutricionista Gláucia Cristina, de 44 anos, residente no bairro Santa Luzia e da supervisora Claudilene Oliveira dos Santos, de 23 anos, do bairro Jardim Alvorada, todas de Três Lagoas/MS.

Ainda não se sabe os motivos, mas a motorista acabou colidindo violentamente o carro contra a traseira da carreta bitrem Scânica, com o ‘cavalo’ na cor verde, e as carretas nas cores vermelha, placa de Encantado/RS, dirigido por Ivan Tomasi, de 44 anos, morador da mesma cidade gaúcha, carregada com 37 mil quilos de arroz, que tinha como destino o estado do Pará.

A pancada foi tão forte que o motorista do outro bitrem que seguia logo mais a frente e também carregado com arroz chegou a escutar o barulho, fazendo o retorno logo mais a frente da rodovia e foi conferir o que havia acontecido.

A colisão destruiu completamente a frente do vepiculo, e arrancou o parachoque traseiro da carreta. Graças ao acionamento duplo dos air bag, as mulheres que seguiam na frente do veículo não sofreram maiores consequências.

Segundo os motoristas das carretas, elas conseguiram sair sozinhas do veículos e aguardaram no acostamento o socorro do Corpo de Bombeiros.

O trânsito pelo local chegou a ser interrompido por alguns instantes e em outros foi utilizado o sistema pare/siga em uma das pistas até o socorro das vítimas e a retirada do veículo do leito carroçável da rodovia.

O proprietário da carreta informou à reportagem que iria abastecer os veículos na cidade de Ilha Solteira e depois seguiria pelo estado do Mato Grosso do Sul, até acessar Goiás, Tocantins e finalmente o Pará em uma viagem de aproximadamente 4 mil km. Depois de providenciar o conserto do parachoque, iria continuar viagem na quinta-feira (21).

MIL NOTICIAS/Agência

Fotos: MANOEL MESSIAS/Agência