ECONÔMIA

Mato Grosso do Sul registrou 6.360 novas empresas em 2018

O comércio foi o segundo setor que mais registrou abertura de novas empresas no Estado em 2018

 
 

19/01/2019 11h01
Por: Deyvid Santos

 
 

Mato Grosso do Sul encerrou o ano com 6.360 novas empresas, o melhor desempenho dos últimos quatro anos. Os dados são da Junta Comercial de MS (Jucems) e confirmam a tendência de recuperação da economia do Estado após a crise dos anos 2015/2016, que levou o país à estagnação.

"A abertura de empresa tem ligação direta na confiança do empresário de que seu negócio dará certo. Ninguém vai investir seu dinheiro que estava seguramente guardado se não tem a certeza de que vai ganhar mais com isso", avalia o presidente da Jucems, Augusto Cesar Ferreira de Castro.

O relatório da Jucems aponta, ainda, que em dezembro do ano passado foram abertas 388 empresas, sendo a maioria (251) no setor de Serviços. Outras 126 no Comércio e 11 no setor de Indústria. Campo Grande aparece como endereço da metade das empresas abertas em dezembro passado (194), depois vem Dourados com 31, Três Lagoas 16 e Naviraí com 12.

Em 2015, ano em que a economia brasileira entrou oficialmente em crise com retração de 3,5% no PIB, a Jucems registrou a abertura de 5.921 empresas, queda de 11,7% em relação ao ano anterior. Em 2016 o país continuava em crise e a Jucems registrou a abertura de 5.750 empresas, pequena queda 2,88% se comparado ao resultado apurado em 2015.

A partir de 2017 a economia sul-mato-grossense começou a demonstrar sinais fortes de recuperação. Levantamento do Banco Santander estima que naquele ano o PIB de Mato Grosso do Sul deve ficar em 2,4%, contra apenas 1% do Brasil. Os números oficiais – por Estado – ainda não saíram. Em consonância com o resultado do PIB, foram abertas 6.046 empresas no Estado em 2017 e o movimento se consolidou com o desempenho do ano passado.

Informações do site Correio do Estado

Envie seu Comentário