10 de junho
09/06/2018 13h56

Dia da Artilharia é comemorado na 3ª Bia AAAe de Três Lagoas

 
Por: Gabriele Benati Bruno
 
 

No dia 10 de junho é comemorado o Dia da Artilharia, em homenagem ao nascimento do patrono da arma, Marechal Emílio Luiz Mallet, que se destacou por sua dedicação em servir a pátria durante sua carreira como militar.

Para celebrar a data, a 3ª Bateria de Artilharia Antiaérea realizou na última sexta-feira (08), uma formatura, com a presença de autoridades três-lagoenses e familiares dos militares.

O Comandante da Bateria, Major Nelho, aproveitou a oportunidade para entregar o título de Amigo da Bateria para algumas pessoas, dentre elas o Comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, o Major Ênio.

"É uma homenagem de toda a artilharia ao nosso patrono Marechal Emílio Luiz Mallet. Então todo o quartel de artilharia realiza essa homenagem através da formatura, representando o nosso pleito de gratidão pelos feitos do nosso patrono ao longo da história da artilharia brasileira", disse o Comandante Major Nelho.

Na festividade alusiva ao dia da artilharia, uma demonstração de como funciona o sistema de controle alerta e de sistema de armas foi realizada.

Através do radar SABER M60, os militares identificam as eeronaves que sobrevoam a área de responsabilidade da Artilharia Antiaérea e, através do Centro de Operações Antiaéreos (COAAe), identificam se a aeronave se trata de uma desconhecida, amiga ou inimiga. Em casos em que se trata de uma ameaça, mísseis são utilizados para abatê-la.

O míssil utilizado, de fabricação russa, tem alcance máximo de engajamento de até 6 mil metros, podendo alcançar uma altitude de até 3.500 metros. O míssil ainda possui um sistema de guiamento passivo infravermelho. Através da captação de rádio frequência, o míssil consegue acompanhar todos os movimentos da aeronave, até atingi-la.

TRAJETÓRIA

Marechal Emílio Luiz Mallet nasceu em 1801 na cidade de Dunquerque, na França, e emigrou com sua família para o Brasil.

O Imperador D. Pedro I buscava organizar uma tropa e convidou o jovem Mallet que ingressou nas fileiras do Exército. Após se destacar por sua dedicação em servir a Pátria, Mallet se tornou o patrono da Artilharia.

No ano de 1866 durante a guerra da Tríplice Aliança, Mallet comandou a Artilharia Brasileira na Batalha de Tuiuti. Nos anos de 1944 e 1945, após a explosão ardente do tiro de um canhão, deu início ao começo da 2° Guerra Mundial. A participação da Força Expedicionária Brasileira exaltou o nome do Exército.

A ARTILHARIA

A Artilharia, também conhecida como bocas de fogo, é uma arma do Exército caracterizada por seu alto poder de destruição. Ela possui diversos armamentos, sendo a Artilharia Antiaérea a responsável pela segurança do espaço aéreo dentro do seu local de atuação, tendo a missão de identificar possíveis ameaças.

Envie seu Comentário